terça-feira, 9 de dezembro de 2008

ADORADOR, INSTRUMENTO PARA O AVIVAMENTO Êxodo 3.1-4


Temos vivido tempos onde o clamor de todo adorador realmente tem sido Avivamento. Isso tem se evidenciado nas musicas que cantamos, nas ministrações de nossas Igrejas, nos encontros de Adoração pela nossa nação, levanta-se o clamor AVIVAMENTO!!!!!! Mas surge uma questão em meio a todo esse clamor, como distinguir Verdadeiros adoradores, daqueles que infelizmente estão querendo apenas oba-oba, querem pular, dançar, sentir arrepios, mas não se colocam à disposição para viverem uma vida de santidade, de ajuda ao próximo, de entrega total a Deus?????

Quando lemos a Bíblia, percebemos algumas características daqueles que realmente estão sedentos e famintos por um Avivamento verdadeiro e genuíno, mas gostaria de me deter a vida de Moises, e que você tomasse pra sua vida alguns princípios deste grande adorador, que nos ensina a como ermos verdadeiros adoradores que querem o avivamento.

Em (Êxodo 3:1-4); Cuidava Moisés do rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e, levando o rebanho para o lado ocidental do deserto,chegou ao monte de Deus,a Horebe. Apareceu-lhe Anjo do Senhor numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima? Vendo o Senhor que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui!!!(Êxodo 3:4).

Neste texto podemos retirar grandes lições para nossas vidas para que possamos não somente adorar mas também fazer da nossa adoração um instrumento para o avivamento:

1
º- Interesse
- As vezes estamos nos preocupando com muitas outras coisas que não tem nada a ver com o verdadeiro avivamento,por isso o primeiro principio que devemos aprender é que se queremos ser instrumentos para o avivamento temos que ter interesse por avivamento; interesse pelas coisas de Deus; interesse pelas almas,temos que nos interessar; Moisés se interessou ele queria ver aquela grande maravilha, ele estava interessado!!!! Assim como nós também devemos nos interessar totalmente e inteiramente as coisas que dizem respeito a Deus.

2
º - Audição
- Temos que ser sensíveis a voz de Deus, não podemos endurecer o nosso coração e fazer de conta que Deus não fala conosco, temos que viver em uma comunhão tal que a voz de Deus seja totalmente desejável pelos nossos ouvidos, quando Deus nos chamar pelo nome como fez com Moisés estejamos prontos a dizer: Eis-me aqui!!!!

3
º Disposição
- Não basta apenas ouvirmos a voz de Deus, temos que dizer sim ao chamado de Deus nos dispondo a fazer aquilo que Deus quer e não o que nós queremos.
Outra coisa que devemos guardar é que Deus é soberano sobre tudo e todos, ver quando Deus nos chama para sermos instrumentos do avivamento Ele (Deus) vai fazer do jeito DEle não podemos dizer como Deus vai agir, pois já que foi Ele que nos chamou, Ele nos dará as estratégias necessárias para que o avivamento alcance a nossa nação.

Busquemos, pois esse tão grande e esperado mover de Deus sobre nossas vidas, igrejas e ministérios: AVIVAMENTO!!!!!!!!

Davi Lenço, - Ministro de louvor na Igreja Batista de Louveira-SP

Um comentário:

oi disse...

Gostei dos subtópicos do tema, mais precisamos de base bíblica em cada subtópico.